Across the Universe [****]

15jun08

(na verdade **** e dois terços!)

Poster do filme, que ue vou roubar lá da locadora.

O filme é do ano passado e acredito que todo fã de Beatles que se preze deve ter assistido.
Aliás, muito mais que apenas fãs de Beatles devem ter assistido, já que o filme ficou meio famozinho na internet, e quase virou parte de modinhas. O povo cult assistiu. O povo indie assistiu. E eu, mesmo praticamente beatlemaníaca, não assisti. E não foi só por falta de oportunidade. Eu não me empenhei muito na tarefa de conseguí-lo, pra ver. A história é de romance, coisa que não me chama muita atenção. A Evan Rachel Wood, também, fazia com que eu pensasse duas vezes antes de assistir. A idéia que eu fazia da namorada (ou ex) do Marilyn Manson cantando minhas músicas preferidas não era muito boa. E eu ficava receosa, do filme nem ser tão bom assim, e eu me decepcionar com as versões, e coisa e tal.
Primeiro eu joguei todos os preconceitos fora. Depois eu começei a criar coragem e por último, desencanei de todas as expectativas.
E então chegou a hora de assistir Across The Universe [sinopse, pseudo-crítica, sei lá].

A voz de todos, de todos mesmo, me agradaram muito (inclusive da Rachel). Na verdade, na minha humilde opinião, a ‘pior’ voz do filme veio do Bono. As interpretações foram ótimas e as 33 músicas se encaixam perfeitamente. Pros beatlemaníacos, é muito legal ficar procurando referência em absolutamente tudo. A maçã, o show no topo do prédio, os nomes (que por incrível que parece, pode exisitir gente que não perceba todos), as fases, as frases, um ‘taxman’ e essas coisas.

Juro que a história em si, se não tivesse músicas maravilhosas no meio, não teria muita graça. Seria mais um filme tipo Romance. O cara que se apaixona pela garota, e então ele tem que ir, mas todo mundo sabe que eles se amam e que devem ser felizes para sempre.

Meu pai definiu o filme como uma junção de clipes bem feitos. E é isso aí. Uma histórinha, e umas músicas de tirar o fôlego, cantadas e tocadas muito bem.

Se você, tão atrasado quanto eu, não assistiu, Ouça. Vale a pena! (Sim, é um filme que vale a pena ser ouvido^^)

Quase chorei quando ouvi A day in the Life, nem é A minha preferida, mas sem dúvida é ótima e ficou linda lá. Graças ao senhor George Martin e o Jeff Beck.

Ah meu. Viciadinha em Beatles do jeito que eu sou, colocando uns efeitos bonitos, umas boas vozes, e uma produção um pouco decente eu já estaria babando, né? Mas as grandes estrelas do filme (as músicas) são extremamente brilhantes.

E como disse meu pai, “É, a bandinha que fez essas músicas tem futuro né?!”. É pai. Valeu. Se eu gosto de Beatles hoje a culpa é sua! =)

Anúncios


4 Responses to “Across the Universe [****]”

  1. Meu, que viagem assistir Across…Surreal!
    Mas, pera aí: como assim “a ‘pior’ voz do filme veio do Bono”?
    QUE INJUSTIÇA!!!!

  2. 2 Thais Machado

    Cara, eu tentei assistir esse filme com o meu namorado. Até assistiria, sem problemas. Mas eu não gosto de Beatles… :/

  3. a versão de all my loving é ótima.
    e eu realmente gostaria muito de assistir esse filme, maaaaaaas a locadora daqui é um cocozinho ¬¬’

  4. =O **morte instantânea**
    vc viu across the universe???? morriiiii
    *____*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: