Archive for fevereiro, 2009

Mais do Mesmo

24fev09

Ângela não é a do tipo que se vê de longe. Não possui um bonito rosto, ou sorriso. Não possui um bonito corpo e, provavelmente, bom gosto. Mas, apesar de qualquer confusão mental, ela se destacava por ser uma boa amiga. Boa ouvinte, boa conselheira. De alguma forma, tais características soam estranhas numa pessoa com uma […]


Hesed

24fev09

(O post não foi escrito para ofender ou magoar ninguém. Leia com atenção e tente aceitá-lo sem preconceitos como somente meu ponto de vista, como eu faria com qualquer visão de mundo que ouvisse. E desculpe por não haver poesia hoje, como prometido.) Era por volta de duas horas da tarde e eu observava o […]


nada, né;

20fev09

Eu tava decidindo o que postar. Aí que nesse clima “é carnaval, vamos ouvir música ruim” um ser humano desses bem cheios de bom senso resolveu colocar pra cidade inteira ouvir um desses cedês cheios de músicão no seu carro e ser feliz.  Imagina a cena: 18:47, eu sentada na minha salinha, no trabalho (pq […]


Eu sentia o suor escorrendo lentamente pelo meu peito, mas não ligava. Estava concentrado para me mostrar (ou somente mostrar o meu personagem) a cerca de duas centenas de alunos desconhecidos ou grandes amigos, professores que mal me conheciam e aqueles que já me suportaram em aula, curiosos de plantão e, para piorar o nervosismo, […]


Dia de poesia

17fev09

Era uma vez um menino que queria ser físico. E num dia não tão belo (que são sempre os que mudam nossas vidas), ele sentou na frente do computador pra conversar com alguém e acabou por encontrar a si mesmo. Saiu um poema, meio mal escrito, com alguns errinhos de Português causados pelos anos de […]


Era uma vez um menino que queria ser físico. E na faculdade ele conheceu uma garota fantástica, linda, simpática, e que escreve super bem e que tinha um blog(quase diarinho chato pra cacete). Mas ele não sabia que ela tinha um blog, e então a amizade pode aparecer normalmente, sem sinais de grande interesse na […]


Tá o título foi infeliz, mas quem liga? Eu estou enfrentando um bonito processo de ódio-pós-escrita. É assim: eu escrevo e no instante seguinte já estou me mordendo de raiva por me achar completamente inútil e escrever coisas chatas, e apago tudo. E então entram as listas, memes e afins. Então o Renato deu a […]