Distâncias

30mar09

Eu sempre convivi bem com distância. Tive uma vida quase nômade e há quatro anos não estudo na mesma cidade que moro, o que faz com que eu conheça gente de longe e exerça aquilo que eu falo de “me apegar fácil à pessoas e ideias”. Moro na roça, estudo na cidade grande, meus melhores amigos estão longe, os familiares queridos moram super espalhados. Sempre tem gente longe 

Mas não importa.

Tem hora que tanto faz. Curitiba ou Sorocaba. Espanha ou Fernandópolis. São Bernardo ou Vinhedo.  Tanto faz se 2 ou 400 Km. Tem hora que qualquer distância maior que 10 cm é incrivelmente dolorosa e quase inaceitável.

***

here(via icanread)

 

(eu prometo que eu vou tentar parar com posts melosinhos e chatos
mentira, prometo nada.)

Anúncios


7 Responses to “Distâncias”

  1. Nossa, essa foi uma facada no meu peito.

  2. E eu que já namorei a 300 km. =\

  3. Essa foto foi foda.

    Distância é uma coisa mto feia. MUITO.

  4. Nossa, essa foi uma facada no meu peito [x2]

  5. 5 Leonardo

    E quando a distância, não importa o quão curta seja, é imensa? :) antes muito amor à distância do que nenhum muito perto.

  6. É só lembrar, Marina. Chocolate é LINDO.

  7. Fernandópolis?!?

    Vejo que você conhece minha terrinha… legal saber disso. O legal mesmo é ter caído aqui no seu blog pelo do Olcyr. :-)

    Abraços.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: