dois pontos fecha parênteses

02jun10

Mesmo depois de tanto tempo ainda lhe dou o que tem de mais bonito em mim. Não esteticamente bonito, você sabe, eu tenho um diastema. Mas o sorriso ainda é a melhor coisa que tem em mim. O sorriso é o que muita gente tem de melhor, pra não dizer todo mundo. Porque tem quem tenha um olhar que sorri, mesmo que a boca não acompanhe. Mas eu sou do tipo que não gosta de sorrir só com os olhos, precisa que os lábios acompanhem. E não raro me vêem sorrindo pra tela do computador, ou pro celular, ou sozinha, pra ninguém mesmo. Mas nenhum desses pode ser comparado ao sorriso que guardo pra você. Confesso que queria não guardar. Mesmo assim, toda vez que te vejo ou falo com você ele ocupa meu rosto e meus olhos. Diria que consigo sorrir mesmo que minha boca não se mova. E talvez você não o perceba. Ou talvez você finja não ver. Muitas vezes não teria mesmo como vê-lo, embora ele esteja lá. Nas outras vezes você parece não perceber. Talvez você finja não ver. Mas isso não me dói. O que me dói é saber que mesmo depois de tanto tempo, você ainda é dono do sorriso. E isso não poderia significar outra coisa: você ainda possui uma parte de mim.

Anúncios


No Responses Yet to “dois pontos fecha parênteses”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: