três minutos

29maio11

dezessete horas e dezoito minutos.
ela carrega aquele conhecido sentimento de tristeza que se carrega depois de um dia comprido demais. daquee lipo de dia que podia ter passado em branco, podia ter acontecido sem ela.
agora ela precisa decidir se carrega essa dor até o fim ou se desiste antes que pese demais. agora ela precisa decidir se continua pelo mesmo caminho ou se tenta consertar alguma coisa do dia.
ele passa.
ela olha.
ele sorri.
ela decide.
dezessete e vinte e um. dois sorrisos. o suficiente pra ela aprender a se apegar um pouco mais no que vem em pequenas doses e faz bem e deixar de lado o que cansa o dia inteiro e só dói.

Anúncios


No Responses Yet to “três minutos”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: