Archive for junho, 2012

E aqueles olhos que não dizem nada pararam de procurar um canto qualquer pra se apoiar e resolveram enxergar o problema. Não que soubessem qual era o problema. Mas sabiam que ele estava ali, na frente, parado, esperando. Ela pensou em tudo que podia ser pior que aquilo. Sempre dá pra ser pior. Podia ser […]