da menina que fala de tudo o tempo todo

30jul11

ou, como começar  escrever um texto pensando numa coisa e terminar com outra e ficar com um rascunho estranho no final.
Deve ser bem mais fácil fazer segredo da sua vida que sair falando  pra todo mundo o que se sente. Mas ela sofre de uma espécie de carência e sai por aí, dizendo tudo. “Oi, hoje eu to feliz porque minha cachorra balançou o rabo e aí meu chefe me deu parabéns por um trabalho feito na semana passada e foi na semana passada que eu comprei essa cor de esmalte linda que eu to usando, viu?”. Pode também ser uma espécie de demência. Ou necessidade de chamar atenção.
Pra ela, difícil mesmo é esconder o que acontece.
Não que ela não saiba guardar segredos. Ela sabe.
Mas, dificilmente ela responde a um “oi tudo bem?” sem demonstrar, seja falando, explicando ou só com o olhar e o sorriso, se ela REALMENTE está bem.
Talvez isso seja bom. Talvez seja isso que ele tenha visto nela. Talvez.
Mas a parte difícil é quando o mundo todo pode cobrar alguma coisa. Sabe como é, as pessoas tem aquela mania feia de tomar um pouco de conta da vida dos outros. Tipo um instinto maternal exagerado.
E, as vezes, ela acha que precisa se proteger. Não é fácil ser insegura e manter a pose de dona de si.
E então ele aparece.
O grande problema de se apaixonar, e de amar, é a vulnerabilidade. Fica-se muitíssimo, no superlativo mesmo, vulnerável quando se ama. Parece que, se perceberem, vão descobrir que podem fazer mal pra gente só de olhar torto pro outro. Parece que podem olhar mais fundo na gente.
E então ela esconde. Ela tem mesmo é vontade de sair gritando, mas e o medo de ele se assustar?
Ele diz que tá tudo bem. Sempre tá tudo bem.
Mas ela não acha suficiente. É ruim quando se quer mostrar mas se tem medo. E ela não queria ter medo. Não dele. Ele não merecia isso.
E aí, quando ela resolve dizer, vez ou outra, aquela combinação matadora de três palavras é como se o mundo inteiro olhasse pra ela apontando o dedo.
Como se ela estivesse naquele sonho que a gente aparece pelado na escola.

Anúncios


No Responses Yet to “da menina que fala de tudo o tempo todo”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: